Como consultar e lidar com o nome sujo? Confira dicas para recuperar sua situação financeira!

Preocupado com as dívidas? Descubra se você está com o nome sujo e como resolver!
Anúncio

Ninguém gosta de acumular dívidas, já que além dos problemas financeiros, o endividamento excessivo pode desencadear uma série de consequências emocionais negativas, que afetam significativamente a qualidade de vida e o bem-estar de cada um. Por essa razão, é importante identificar e acabar com essas dívidas o mais rápido possível, a fim de evitar que problemas ainda mais graves se acumulem.

Além disso, é muito importante estar atento à  situação do seu CPF para evitar o endividamento, já que não tem como tomar medidas para resolver um problema quando você não está ciente sobre ele. Felizmente, existem diversas maneiras de consultar a situação do seu CPF, e este artigo tem como objetivo lhe mostrar as principais!

O que significa estar com o “nome sujo”?

inadimplencia

O termo “nome sujo” é popularmente utilizado para descrever a situação de pessoas cujos CPFs foram incluídos em alguma lista de órgãos de proteção ao crédito, como Serasa e SPC, o que ocorre quando o consumidor deixa de efetuar o pagamento por um produto ou serviço, gerando assim, uma dívida pendente.

Por isso, aqueles que têm seus nomes negativados enfrentam dificuldades consideráveis para obter crédito, realizar compras parceladas ou contratar empréstimos e financiamentos, já que para as instituições financeiras, prestar serviços para alguém com o “nome sujo” oferece risco de inadimplência, já que a inclusão do nome nessas listas o caracteriza como um “mau pagador”. 

Como descobrir se você está com o “nome sujo”?

Existem diversas maneiras de consultar a situação do seu CPF de forma totalmente online, por isso, aqui listamos 4 das principais:

Serasa

O Serasa é uma empresa privada que é considerada atualmente a maior no Brasil em se tratando de parâmetro para decisões de crédito por reunir dados enviados por várias empresas espalhadas pelo país.

Por isso, essa plataforma é uma excelente opção para consultar a situação do seu CPF de forma prática. Assim, primeiro você deverá ou acessar o site oficial Serasa ou instalar o aplicativo que está disponível para download na Google Play e na App Store.

Dessa forma, após acessar qualquer um dos dois, você deverá clicar em “Consultar CPF e score grátis”, realizar o login com seu nome de usuário e senha, ou cadastrar-se na plataforma, e selecionar a opção “Meu CPF”, onde você obterá todas as informações referentes ao seu score, bem como a data da negativação, se houver, o valor devido e algumas informações sobre a empresa credora.

SPC

O SPC, ou Serviço de Proteção ao Crédito, é outro serviço que também fornece informações sobre a sua situação cadastral. Portanto, para consultar o seu CPF basta acessar o site oficial do SPC Brasil, clicar em “Portal do Consumidor”, entrar na sua conta através do seu CPF ou se cadastrar no site e clicar na opção “Consulte seu CPF”.

Também é possível instalar o aplicativo SPC Consumidor disponível na Google Play e na App Store e repetir o processo. Dessa forma, o site também lhe mostrará a situação do seu CPF, bem como dados detalhados acerca dos seus débitos, se existirem.

Boa Vista SCPC

O Boa Vista SCPC é uma empresa que também coleta dados comerciais e cadastrais, reunindo, portanto, informações sobre o score e débitos pendentes. Por isso, para consultar o seu CPF através do Boa Vista SCPC basta acessar o site oficial da empresa, ou o aplicativo, clicar em “Consultar CPF”, fornecer mais alguns dados e conferir a sua situação cadastral, com a diferença que através desta plataforma você tem acesso às empresas que pesquisaram o seu CPF recentemente.

Receita Federal

Outra alternativa para saber se você está com o nome sujo é através do site oficial da Receita Federal, que também armazena dados da situação de cada cidadão do país. Assim, basta acessar o site, entrar com a sua conta gov.br informando seu CPF e a sua senha, e ficar por dentro de todas as informações sobre a sua situação cadastral.

Como evitar o “nome sujo”?

  • Identificar as dívidas: O primeiro passo é identificar todas as dívidas em aberto, o que possibilita compreender a extensão do problema e elaborar um plano eficiente para sair dessa situação.
  • Negociar as dívidas: Após conhecer os seus débitos, é importante entrar em contato com as instituições credoras a fim de que vocês possam entrar em um consenso e encontrar soluções que sejam favoráveis para ambas as partes. Além disso, dependendo da dívida, é possível que você ainda consiga um desconto como forma de garantia de pagamento.
  • Controle financeiro: Entretanto, apenas pagar as suas dívidas não basta, sendo necessário começar a adotar um melhor controle financeiro de forma a evitar o endividamento excessivo e as consequências negativas geradas pela inadimplência.

Você também pode se interessar:

Aguarde …